Os diferentes tipos de cilindros hidraulicos

                                          

Os cilindros hidraulicos são atuadores mecânicos (elementos que produzem movimento) usados para aplicarem força através de um percurso linear. São comumente aplicados em veículos de engenharia, como as escavadeiras, mas possuem diversas outras funcionalidades.

Basicamente, um cilindro é feito de uma camisa de cilindro, de um êmbolo móvel e de uma haste ligada à esse êmbolo. Os cabeçotes são presos ao cilindro por meio de roscas, prendedores, tirantes ou solda, e conforme a haste começa a se mover para dentro ou para fora, é conduzida por guarnições (vedações removíveis), sendo o seu lado de operação conhecido como “cabeça do cilindro”, e o oposto, lado traseiro.

Existem diversos tipos de cilindros hidraulicos disponíveis. Dentre eles, os mais comuns são os cilindros de ação simples, onde a pressão de fluido é aplicada em apenas uma direção, para que o pistão se mova; os cilindros com retorno com mola de simples ação, em que uma mola recua o conjunto do pistão; o martelo de simples ação, onde o elemento móvel tem a mesma área da haste do pistão; e o cilindro de dupla ação, que consiste em um cilindro onde a pressão do fluido é aplicada ao elemento móvel em qualquer direção, e a força pode se ajustar no avanço e no retorno.

Esses cilindros hidráulicos obtêm a energia de um fluido pressurizado, e sua contenção fica fechada pelos dois extremos, cabendo ao pistão dividir o interior do cilindro em duas câmaras: a inferior e a câmara da haste. Assim, a pressão hidráulica gerada atuará nesse pistão para gerar um movimento linear.

Falando em hastes, os cilindros de haste dupla são cilindros de pistão simples e uma haste ligada a cada lado, onde a força nele aplicado pode ser configurada para o avanço ou para o retorno.

Já o cilindro duplex, consiste em dois cilindros montados em linha e com uma haste para cada, ficando, assim, com as guarnições montadas entre os cilindros, a fim de proporcionar dupla ação de cada um.

O cilindro duplex contínuo ( também chamado de Tandem) reserva as mesmas bases do duplex comum, só diferindo a utilização de pistões interligados por uma haste comum, além de fornecer uma força maior quando o diâmetro do pistão é limitado, podendo atingir até o dobro da produzida em um cilindro comum.

Por fim, os cilindros de múltiplo estágio, mais conhecidos como telescópicos, são cilindros com hastes de arranjo multitubular, que são, normalmente, usados em operações que necessitam de elevação de cargas em alturas elevadas, porém dispõem de espaço reduzido para sua instalação.

Conheça nossa linha de Cilindros Hidráulicos

COMENTÁRIOS

  1. Boa Tarde!
    somos fabricantes de embarcações de resgate na Bacia de Campos e estou em meio a um projeto de uma mesa elevatória que com os equipamnetos montados não ultrapassa 100 kg. vocês fabricam algum atuador linear que se movimente com suavidade e precisão?
    Qual o modelo?
    Poderiam me indicar um representante?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *