Manutenção de Sistemas Hidráulicos

Grande parte das empresas se concentram em treinar funcionários ou contratar prestadores de serviços para corrigir falhas nos sistemas depois que elas acontecem. Por que não fazer uma manutenção preventiva e evitar falhas e queda na produtividade?

Alguns componentes de equipamentos hidráulicos têm durabilidade menor e precisam ser analisados, trocados ou reparados com periodicidade. Caso esse acompanhamento não seja feito, pequenos defeitos podem gerar problemas e danos maiores às máquinas. A falta de manutenção em sistemas é uma das maiores causas de falhas e interrupção dos serviços.

Tipos de Manutenção

  • Preventiva: identifica, analisa e repara pequenos problemas antes que eles causem danos aos equipamentos. Isso envolve trocas de pequenos componentes como borrachas de vedação, cabos, fluídos e botões. Esse tipo de manutenção aumenta a vida útil do equipamento, pois evita que componentes desgastados atrapalhem o funcionamento de outras peças.
  • Corretiva: repara componentes com falhas e que podem causar prejuízos ao funcionamento das máquinas.

Plano de Manutenção

É necessário conhecer o funcionamento dos equipamentos para se desenvolver um planejamento e isso depende das indicações do fabricante e do tipo de maquinário, porém é necessário levar em consideração:

  • O estado de funcionamento e conservação do equipamento;
  • Quanto tempo o sistema opera por dia;
  • O sistema funciona em capacidade máxima sempre?
  • O ambiente de instalação é sujo, tem poeira ou calor?
  • Quais indicações do fabricante para manutenção e instalação adequadas?

Execução do Plano de Manutenção

Para pôr em prática aquilo que está descrito no manual do equipamento e o que foi estabelecido como Plano de Manutenção é necessário se atentar a alguns requisitos, como:

  • Uso de ferramentas e equipamentos próprios para a função;
  • Peças e materiais genuínos, indicados pelo fabricante, para a substituição;
  • Precauções de Segurança e uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) para os trabalhadores;
  • Precauções ambientais e análise de riscos potenciais.

Alguns procedimentos básicos podem ser realizados em tempo pré-determinado de acordo com as necessidades do equipamento para evitar problemas em sistemas hidráulicos:

  • Alteração do Filtro Hidráulico;
  • Obtenção de Amostra do Filtro Hidráulico;
  • Verificação do funcionamento dos Atuadores Hidráulicos;
  • Limpeza de Reservatórios e partes externas dos Equipamentos;
  • Verificação da Pressão Hidráulica;
  • Verificação de vazamentos em bombas, componentes e estado de conservação de mangueiras, tubos e acessórios;
  • Verificação de leitura de tensão;
  • Verificação da sucção da Bomba;
  • Verificação da amperagem dos motores;
  • Verificação do tempo total do ciclo da máquina;

O processo de manutenção envolve evitar falhas e causar paradas imprevistas no sistema e é importante que seja feito por prestadores de serviço que tenham domínio sobre os equipamentos, que sejam capacitados para encontrar falhas e conheçam as normas de segurança para evitar acidentes. Além disso é preciso se atentar às instruções do fabricante no manual do equipamento.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>