Como funciona um sistema hidráulico

Principio Básico

O princípio básico por trás de qualquer sistema hidráulico é muito simples: A força que é aplicada em um ponto é transmitida para outro ponto por meio de um fluido incompressível. O fluido é quase sempre algum tipo de óleo e a força é quase sempre amplificada no processo.

Um sistema hidráulico simples formado por dois pistões conectados por um tubo cheio de óleo.

Funciona da seguinte maneira: Dois pistões se encaixam em dois cilindros de vidro cheios de óleo e são conectado um com o outro através de um tubo cheio de óleo, se você aplicar uma força descendente no primeiro pistão, então a força é transmitida para o segundo pistão através do óleo no tubo. Se o óleo for incompressível, a eficiência é muito boa, praticamente toda a força aplicada no primeiro pistão aparece no segundo.

A melhor coisa dos sistemas hidráulicos é que o tubo que conecta os dois cilindros pode ser de qualquer comprimento e tamanho, permitindo que ele desvie de qualquer obstáculo que separe os dois pistões. O tubo também pode bifurcar-se de maneira que um cilindro mestre possa ativar mais de um cilindro secundário se necessário.

O interessante sobre sistemas hidráulicos é que se torna muito fácil multiplicar ou dividir a força aplicada ao sistema. Se você já leu como funciona o sistema de roldana, provavelmente sabe que trocar força por distância é muito comum em sistemas mecânicos.

Em um sistema hidráulico, tudo que você precisa fazer é mudar o tamanho de um pistão e cilindro em relação ao outro, lembrando que muitas dessas peças você encontra na Omega, uma marca respeitada no mercado e com excelentes produtos.


Multiplicação hidráulica

O primeiro pistão tem uma área superficial 9 vezes maior que a do que o segundo pistão.

Quando a força é aplicada no segundo pistão, as 9 unidades do primeiro são movimentadas para cada unidade e a força é multiplicada por nove sobre o primeiro pistão.

Para determinar o fator de multiplicação, comece olhando o tamanho dos pistões. Suponha que o pistão à esquerda tem 5 cm de diâmetro (2,5 cm de raio), enquanto o pistão à direita tem 15 cm de diâmetro (7,5 cm de raio). A área dos dois pistões é PI* r2. A área do pistão esquerdo é consequentemente 19,6 enquanto a área do pistão à direita é 176,6 cm 2. O pistão à direita é 9 vezes maior que o pistão à esquerda. Isso significa que qualquer força aplicada ao pistão à esquerda parecerá 9 vezes maior no pistão à direita. Então, se você aplicar uma força descendente de 45 kgf ao pistão da esquerda, uma força ascendente de 400 kgf aparecerá à direita. O único problema é que você terá que empurrar o pistão da esquerda 9 cm para erguer o pistão da direita 1 cm.

Os freios do seu carro são um bom exemplo de um sistema hidráulico movido a pistão.

Quando você pisa no pedal do freio em seu carro, ele está empurrando o pistão do seu cilindro mestre. Quatro pistões secundários, um em cada roda, atuam para pressionar as pastilhas de freio contra o disco ou o tambor do freio para parar o carro (na verdade, em quase todos os carros mais recentes, dois cilindros mestre controlam simultaneamente dois cilindros secundários). Assim, se um dos cilindros tiver um problema ou um vazamento, ainda é possível frear o carro.

Na maioria dos outros sistemas hidráulicos, cilindros hidráulicos e pistões são conectados por válvulas a uma bomba que fornece óleo de alta pressão.
Ar no sistema

É importante que o sistema hidráulico não contenha bolhas de ar. Você já deve ter ouvido sobre a necessidade de “retirar o ar das linhas de freio” do seu carro. Se houver uma bolha de ar no sistema, a força aplicada ao primeiro pistão é utilizada para comprimir o ar na bolha em vez de mover o segundo pistão, o que tem um grande efeito sobre a eficiência do sistema.

COMENTÁRIOS

  1. Mauro José dos santos disse:

    gostei muito e queria aproveitar de disponibilidade e pedir se for possível me enviar um simulador fludisim 3.6

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>